Da minha janela

Da minha janela

Os anos se passaram tão rápido,
Sinto que meu tempo foi roubado,
Quero meus meses de volta,
Quero de volta cada segundo que tive aqui,
Quero de volta os meus momentos,
Os que entreguei a quem se entregou a mim,
Mas sei que não os terei de volta,
Pois já passaram bem longe da minha janela,
Me sinto uma expectadora de uma vida tumultuada,
Hoje não ficarei mais à margem,
Não assistirei mas a vida passando em minha janela,
Hoje, eu descobri que também posso sair pela porta,
Antes que eu apenas caia pela janela.

Marcela Souza

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s