Paciência

Paciência

A dor e o sofrimento dos que amo me importa mais do que deveria, as vida que não cabem a mim viver me fazem sentir preocupação. Ainda não imagino como seria olhar nos olhos dos fantasmas dos meus sonhos, ou como seria não tomar em meus braços eles com um grande abraço. Mas não cabe a mim decidir como eles se libertarão, só cabe assistir e fazer uma prece, e ter paciência, toda paciência do mundo… Enquanto observo eles evaporando, e sofrendo pelos erros que cometeram, e pelos que não cometeriam.

Marcela Souza

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s