Pedir para cessar

E fica dias, horas, minutos, sem cessar,
vagando pela minha mente,
sem pausa para descanso,
vagando pelas ruas e paredes da minha alma,
do meu coração, do meu espirito,
do meu ser por inteiro,
com paixões fortes, sensações cruéis,
sorrisos doces, amores incandescentes,
um forte sentimento de dever,
que anda com um rumo só meu,
fazendo-se desejar que ninguém compreenda,
que não pergunte, que não me entenda,
pois assim, pode ser a mesma dentro de mim,
enquanto o silêncio único liberta os erros,
frases mal pronunciadas,
apenas as dificilmente compreendidas.

Marcela Souza

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s