Magna flos, rosa obscura

(Prefiro cantar ela…)

Doce flor de rosa obscura
doce música da mente insana,
nos tempos remotos,
as lagrimas caem,
doce flor, rosa obscura,
magna flos, rosa obscura
e sempre traremos a tona a cena,
da morte e o juramento,
e sempre será infinito,
a magna flos, trará a você,
a doce flor, rosa obscura,
mente insana, coração puro,
mente irreal, sonho eterno,
e na liberdade de sua mente,
crecera uma rosa obscura,
ela será sempre sua, sua…
magna flos, rosa obscura,
doce flor da luz mãe,
doce obscuridade do reino sem rainha,
magna flos, de noite seu Lua,
é tudo o que eles sabem cantar,
magna flos da rosa obscura,
eles ainda estão a sua procura,
doce flor, de céu escurecido,
manchado pelo sangue obscuro,
magna flos, rosa obcura,
é apenas mais uma dentre o jardim,
dos anjos que foram esquecidos,
pela rosa de luz,
e dos exilados que colheram a rosa obscura,
mãe flor, rosa que luta,
nunca disseram que ela era perfeita,
más nunca comprovaram o oposto,
flor maior, rosa escura,
com ela não há doce cura,
más podemos usa-la ao menos,
para controlar nossa loucura.

Marcela S.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s