Conhecer-te

Conhecer-te é como explorar um jardim obscuro,
Como cavar em uma encruzilhada,
Como descer ao lado negro e subir aos céus, o ápice,
É como trazer-me de volta da escuridão,
Depois de uma morte sangrenta por mil adagas,
É como se cada ser que residi em minha mente parasse,
Para observa-lo, para ama-lo, para morde-lo,
Talvez seja essa a verdadeira natureza minha, e tua,
Conhecer-te é como pisar em falso antes de domir,
Não acordar, mas saber que é um sonho.

Marcela S. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s