Anjo

Quem me dera ter asas pra voar,
e no dia do sol de novo te encontrar,
e te amar demais,
me apaixonar demais,
pegar você e te tornar meu vicio…

Quem me dera ter asas pra voar,
subir aos céus e te olhar de lá,
vigiar seus passos,
rir dos seus embaraços,

e quem sabe te amar de novo?

Quem me dera ter sentimentos para amar,
ser seu ponto fraco a assim ficar,
te amar depois,
encontrar depois

uma forma que me tire desse vicio…

Quem me dera ao menos uma vez,
te encontrar sozinho,
em um lugar estranho,
com pessoa loucas,

me tornar seu anjo…

Marcela S.

2 pensamentos sobre “Anjo

  1. Wess disse:

    Bom poema… Haja inspíração para escrever um poema a quase todos os dias, hein. Meus parabéns!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s