Amaldiçoada

Uma amada não deve sofrer,
a lua deve desaparecer,
quando o sol vier pela manha.

Um eclipse total e permanente,
assim como um dia,
haverão de esquecer.

Tudo que havia,
e o Lobo que sofria,
nunca se repetira.

Lhe apareceu de inesperado,
que o melhor para o casal,
era viver longe da amiga,
que um dia aparecera
para sua vida destruir.

Más punida a Lua será,
com sua maldição eterna.
não terá a quem amar,
nem terá quem ame ela.

Marcela S. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s